posts recentes

FW: Já agora, vale a pena...

...

MAIS UMA CRIANÇA DESAPARE...

Ajudem a Andreia!

é fácil ajudar...

...

...

Drama!

Pug

Ligia Gontardo

arquivos

Publipt! Clique Aqui!
Farmais
Sábado, 25 de Novembro de 2006

Ajudem a Andreia!

"...Eu sou a Andreia, tenho 22 anos, sou Educadora de Infância recém formada e moro em Lisboa.
Até há pouco tempo a minha vida decorria normalmente e feliz até que me foi detectada LEUCEMIA do tipo Mieloide Crónica.
Poderei ficar totalmente curada se receber uma transplantação de medula óssea.
Constatamos que tanto o meus pais como a minha irmã não são compatíveis para o efeito e... como tal procuro um dador..."

Devo confirmar que não custa nem dói nada efectuar a inscrição no instituto de Histocompatibilidade.

Há cerca de 4 anos que já sou dador de medula, embora até à data nunca tenha sido contactado para dar.

O processo consiste em inscrever-se, sendo depois contactado para se dirigir a um centro de saúde/hospital da área que nos seja mais conveniente para efectuar uma tiragem de sangue normalíssima para analisar se pode ser dador ou não; depois é enviada resposta pelo correio.

- a inscrição pode ser iniciada em http://www.chsul.pt
publicado por Nubes às 07:28
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Leo a 25 de Novembro de 2006 às 13:04
Lamento profundamente o seu problema de saúde e gostaria de lhe transmitir um pouco de esperança e muita vontade de a ajudar, pois a doença não deve bater à porta de ninguém muito menos à de uma jovem de 22 anos.
Há alguns anos que me inscrevi como dador de medula óssea no centro de histocompatibilidade do Sul mas até à data nunca fui chamado para doar provavelmente porque não foi necessária a minha compatibilidade.
Fi-lo porque vi uma reportagem na TV sobre o mesmo problema, acerca de uma rapariga mais ou menos da sua idade que tinha efectuado o transplante e estava completamente curada e efectivamente bastou encontrar um dador compatível para passar da doença à cura.
Antes dessa reportagem desconhecia o problema e a possibilidade tão simples de qualquer pessoa poder ajudar e penso que só não há mais dadores porque desconhecem a situação quanto à doença e à doação.
Actualmente acho que o centro de histocompatibilidade já é mais divulgado pelo que o número de dadores deve ser crescente e tenho a noção que as pessoas estão mais sensíveis e informadas sobre estas situações pelo que há-de aparecer alguém que seja compatível e a ajude a ultrapassar este pesadelo.
Escusado será dizer que vou também continuar a promover o centro de histocompatibilidade (e a sua mensagem) de modo a aumentar o número de dadores.
Pressinto que vai surgir o tal dador e que a sua vida regressará à normalidade e poderá exercer uma profissão tão nobre como é a de educadora de infância; deve ser extremamente gratificante trabalhar com crianças e quem gosta de o fazer tem com certeza uma sensibilidade especial.

Um beijinho

Comentar post

N U B E S

pesquisar

 

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds